3,5 milhões de brasileiros despejam esgoto irregularmente

Publicado em Serviços

A região onde você reside possui canalização de rede de esgotos?  Este sistema, por ventura, está ligado a uma rede de coleta? Pode parecer exagero em um primeiro momento, mas se sua resposta for positiva, acredite: você é uma pessoa privilegiada. Isto porque, só em São Paulo, em 15 municípios paulistas, 450 mil pessoas despejam irregularmente, esgoto.

Só nas 100 maiores cidades do Brasil, 3,5 milhões de brasileiros despejam esgoto, de forma inadequada, acarretando em uma série de problemas de saúde para as pessoas e de danos ao meio ambiente. 

Irregularidade atinge mesmo quem é atendido por rede coletora 

Em matéria publicada pelo Jornal Folha de São Paulo, enfatiza-se que a situação ocorre em todo o país, inclusive com a existência de rede coletora de esgoto. 

De acordo com a projeção estimada pelo Instituto Trata Brasil, é como se a cada dois minutos e meio, fosse possível encher uma piscina do tipo olímpica, com este esgoto que é jogado sem nenhum cuidado, no meio ambiente. 

Brasileiro não quer pagar tarifa, diz estudo

De acordo com o estudo do Instituto Trata Brasil, a principal causa do descarte inadequado do esgoto é o pagamento do serviço. Como a ligação do esgoto do imóvel com a rede pública coletora é de responsabilidade do proprietário da casa, ele não costuma regularizar este serviço, haja vista que ao menos na cidade de São Paulo, isto implicaria no dobro do custo cobrado na conta de água, por exemplo. 

É importante salientarmos que só em São Paulo, a multa para os proprietários de imóveis que não ligam seu esgoto à rede coletora é de R$ 500. 

Regiões do Brasil

De acordo com o estudo, nos índices de tratamento de esgoto são¹:

Norte: somente 16,42% do esgoto é tratado, e o índice de atendimento total é de 8,66%, pior índice no país.

Nordeste: 32,11% 

Sudeste: 47,39% 

Sul:  41,43% 

Centro-Oeste: 50,22% 

Fonte:¹ http://www.tratabrasil.org.br/saneamento-no-brasil 

 

Clientes